Novo grupo de jazz musical do Recife: Dançando por Dentro
  • Grupo Dançando por Dentro | FOTO: Divulgação
    img
  •        
  • O grupo já possui coreografias premiadas
    img
  •        
  • Aulas acontecem no Espaço Plié, no Clube Português
    img
  •        
  • Juliana Fernandes, idealizadora do grupo
    img
  •        
  • Grupo Dançando por Dentro | FOTO: Divulgação
    img
  •        
  • Aulas acontecem no Espaço Plié, no Clube Português
    img
  •        
  • O grupo já possui coreografias premiadas
    img
  •        
  • Juliana Fernandes, idealizadora do grupo
    img
  •        

A idealização é da bailarina e professora de dança Juliana Fernandes. Aulas e ensaios acontecem no Espaço Plié, no Clube Português 

“Já dançou hoje? Nem mesmo por dentro?”. Muitos bailarinos do Recife já devem ter visto essas perguntas em algumas das postagens do blog Dançando por Dentro, idealizado pela bailarina e professora de dança Juliana Fernandes. A página, criada em 2016, passou mais de seis anos compartilhando inspirações de dança e bastidores do próprio trabalho da artista.

Neste ano, o projeto migrou das telas para os palcos! Agora, o Dançando por Dentro é um grupo de dança, com foco no jazz musical. “A proposta do grupo é, principalmente, ampliar o conhecimento sobre jazz musical na cena de dança de Recife, uma vez que notei que esse espaço era muito pequeno aqui”, explica Juliana.

“Quis criar um grupo acessível em termos financeiros, com o objetivo de contemplar pessoas que sei que tem vontade de dançar e não tem condições financeiras de pagar uma mensalidade cheia em escolas, por exemplo, e também porque queria mais liberdade de criação, das muitas ideias que tenho na cabeça em relação a espetáculos, números adaptados etc.”, completa a bailarina.

Ela conta também que o nome do grupo ficou sendo o da sua página/blog de dança porque muita gente já conhecia o trabalho que ela fazia na internet. “Quis aproveitar mesmo que a página estava se modificando aos poucos para mostrar meu trabalho na prática. Também porque acho que o nome Dançando por Dentro tem tudo a ver com a proposta do jazz musical, que exige de um elenco muito mais do que a execução dos passos, mas essa energia que a gente ‘traz de dentro’, mesmo quando não estamos, necessariamente nos movimentando”, detalha a bailarina.

Para a idealizadora do Dançando por Dentro, o foco do grupo realmente é jazz musical, mas não é algo fechado, pois a dança nos musicais hoje em dia traz uma ideia muito mais pluralizada do que apenas um estilo de dança. “Então, eventualmente, tentarei agregar outros estilos de dança para que o elenco tenha esse leque amplo de conhecimento caso queira atuar em musicais de forma profissional, por exemplo. Mesmo não se tratando de um grupo profissional, totalmente amador, independente, acredito que seja uma porta aberta para quem queira seguir carreira, pelo menos um local por onde começar”, explica Juliana Fernandes.

Como fazer parte do Grupo Dançando por Dentro?

Para fazer parte do grupo, basta ter a partir de 14 anos (com autorização dos pais para menores), sem limite de idade. Sobre a necessidade de ter vivência prévia em dança, a professora conta que é interessante. “Mas eu sempre peço para experimentarem uma aula e ensaio para ver como se sentem e se a pessoa consegue acompanhar o grupo”, pontua Juliana.

As aulas e ensaios acontecem aos sábados, das 13h às 15h, no Espaço Plié dentro do Clube Português (Recife). A primeira hora é dedicada a aula com aquecimento, trabalho de flexibilidade e técnica nos estilos de jazz musical e/ou outras danças que possam contribuir para os números do grupo.

Na segunda hora, é o momento das coreografias e ensaios dos números. Outros horários e dias de aulas podem surgir, de acordo com o crescimento do grupo. Já a mensalidade custa R$ 45, sendo de R$ 5 desse valor vai para uma “caixinha” do grupo para ajudar em caso de inscrições em festivais, figurinos, ou outros gastos que o grupo não consiga pagar. Mais informações no  Instagram do @dancandopordentro.

Evento “Dançando por Dentro Lounge”  

O Grupo Dançando por Dentro vai promover um evento para apresentação de trabalhos de dança e teatro. Será no dia 05 de agosto (sábado), às 19h, no Espaço Plié, em sala de aula, no estilo lounge. “Será algo bem descontraído e aconselhamos as pessoas a levarem suas almofadinhas e se jogarem no chão para contemplar não só apresentações de dança dos integrantes do grupo, mas também apresentações de artistas convidados que levarão além da dança, propostas de dança e teatro”, diz Juliana.

As apresentações são de jazz musical e de outros estilos, uma vez que o grupo é bastante heterogêneo e conta com bailarinos de outras áreas da dança. Os ingressos custam apenas R$15,00 e dão direito, além da apresentação, a um mini coffee break. Todo o valor arrecadado será para ajudar o grupo na confecção de figurinos e participações de festivais. Informações sobre ingressos via direct do Instagram do @dancandopordentro.

SOBRE JULIANA FERNANDES

Formação na dança

“Sou formada em licenciatura em dança pela UFPE, tenho pós-graduação em dançaterapia pela Unyleya e minha história com a dança começou justamente com o jazz dance, com Viviane Lira (hoje, do Pantomima) quando era criança. Ao longo da minha vivência com a dança, eu fiz aulas de muitas coisas, mas da infância até parte da adolescência foi só jazz. Na vida adulta, vivenciei dança de salão (salsa e bolero) e dança flamenca (fiz parte da Cia. Karina Leiro, aqui no Recife, e me apresentei em festivais, como Janeiro de Grandes Espetáculos e Festival Internacional de Dança). Também fiz (ainda faço) balé clássico, no Espaço e Grupo Endança, onde fui estagiária, na época da faculdade, e hoje sou professora de jazz musical e jazz iniciante adulto, mas enquanto bailarina também já me aventurei fazendo aulas de dança contemporânea, um pouco de sapateado americano, e até em cursos de danças orientais”.

Jazz musical

“Fiz ainda curso livre de teatro musical na Lalu Academia de Artes, que me oportunizou o contato com profissionais da área dos musicais no Brasil, como Alberto Venceslau, Danilo Barbieri, Fabi Bang e Jarbas Homem de Mello, através de aulas e workshops. Foi a partir de 2016 que eu decidi aprofundar de verdade no jazz musical e tive oportunidade de fazer aulas fora do país no Broadway Dance Center com Sue Samuels e Katelin Zelon, e com outros profissionais estrangeiros como Graeme Pickering e Lloyd Culbreath”.

Coreografias premiadas

“Também já fiz aulas regulares com nomes da dança e musicais aqui no Brasil, como Gabriel Malo, Tiago Weber e Thiago Jansen. Fiz workshops também com Katia Barros, Cristina Cará, Brisa Diamante, Jhean Allex e Keila Bueno. Além disso, por ser tão apaixonada pelo estilo sempre que posso estou estudando e pesquisando online da maneira que posso. Minhas coreografias de jazz musical já receberam prêmios em festivais como CBDD-PE 2022 e MOC Dança PE 2023”.

Para acompanhar Na Ponta do PÉ:

Instagram: @canalnapontadope
YouTube: youtube.com/napontadope
Facebook: @canalnapontadope
Tik Tok: @napontadope

 




Postado por


COMPARTILHE:

Sobre o autor
Maíra Passos

    ÚLTIMOS POSTS:

    • Confira vídeo do Concurso de Passistas de Frevo do Recife 2024, da categoria masculino adulto
      Confira vídeo do Concurso de Passistas de Frevo do Recife 2024, da categoria masculino adulto
    • Cursos gratuitos para frevar em janeiro, no Paço do Frevo
      Cursos gratuitos para frevar em janeiro, no Paço do Frevo
    • La Bayadère, do Studio de Danças: confira vídeo com a cobertura do espetáculo!
      La Bayadère, do Studio de Danças: confira vídeo com a cobertura do espetáculo!

    Deixe um comentário

    Mensagem