Festival de Vídeos de Dança “Na Ponta do PÉ”: 1º DIA
  • Trindade, de Lin Caetano
    img
  •        
  • Corpos de Duas, de Maria Eduarda e Giselly Andrade
    img
  •        
  • Rua dos Artistas, de Samira Marana
    img
  •        
  • Jacqueline Colares
    img
  •        

O primeiro dia do nosso festival traz a exibição das videodanças Trindade, Corpos de duas, Rua dos Artistas e de Jacqueline Colares

A primeira edição do Festival de Vídeos de Dança Na Ponta do PÉ estreia nesta sexta (03), com a exibição de quatro videodanças: Trindade, de Lin Caitano (PE), Corpos de Duas, de Maria Eduarda e Giselly Andrade (PE), Rua dos Artistas, de Samira Marana (SP/RJ) e de Pole dance, com Jacqueline Colares (PE).

Nosso festival vem para celebrar os 9 anos da Na Ponta do PÉ, com o objetivo de levar dança sempre para mais pessoas. ❤️ Ao todo, serão exibidos 26 vídeos, até o próximo dia 09. Porém, até o dia 17, você pode dar seu voto, curtindo suas danças preferidas. Os vídeos mais curtidos serão premiados.

A seguir, confira as videodanças deste primeiro dia de festival!

Trindade, de Lin Caitano – Cia. Paranã-puco (PE)

SINOPSE:

Com a proposta de exaltar as riquezas históricas e culturais do município de Paudalho nasce “Trindade”. TRINDADE é uma pesquisa espetáculo que faz um recorte de três grandes pontos importantes da cultura Paudalhense: o Polo de Romaria de São Severino dos Ramos, a Monocultura da Cana de Açúcar e a Fabricação de Artigos Cerâmicos para a Construção Civil.

Uma Fusão artística-cultural interligando o viés econômico da Cidade do Paudalho, através dos três recortes citados. O nome da proposta dançada foi escolhida em alusão a doutrina cristã da TRINDADE (do latim trinitas “tríade”, de trinus “tripla”) que define Deus como três pessoas consubstanciais, expressões ou hipóstases: o Pai, o Filho (Jesus Cristo) e o Espírito Santo; “um Deus em três pessoas”.

As coreografias foram pensadas em dramatizar as diferentes formas de manifestações corporais do homem em seu oficio. Buscando, levar para a cena, as macro e micropolíticas/filosóficas da sociedade sobre o corpo no seu fazer artístico.

FICHA TÉCNICA:

Direção geral: Lin Caitano
Direção de imagem e vídeo: DH Ferreira
Coreografia: Lin Caitano
Criação de figurino: Lin Caitano
Produção de figurinos: Dileide Caitano
Pesquisa: Cia Paranã-puco

CONTATOS DOS ARTISTAS:

Lin Caitano: instagram.com/lincaitano
DH Ferreira: instagram.com/dh.foto
Cia Paranã-puco: instagram.com/paranapuco

Corpos de duas, de Maria Eduarda e Giselly Andrade (PE)

SINOPSE:

O projeto “Corpos de Duas” mergulha no universo de criação de duas dançarinas pernambucanas que desenvolveram um produto artístico a partir do desdobramento de investigação de uma dança com condução compartilhada e disruptiva, em que o papel de conduzir e ser conduzida se fundem na construção de corpos dançantes que vão além dos gêneros e papéis pré-estabelecidos no executar.

A obra consiste no desenvolvimento de uma coreografia e registros dos treinos e laboratórios de pesquisa. Respeitar a singularidade e potencializar a vivência de cada uma em si diferentes, foram as premissas para a criação de uma dança feita com “corpos de duas”.

FICHA TÉCNICA:

Intérpretes criadoras: Giselly Andrade e Maria Eduarda
Idealização: Giselly Andrade
Colaboração: Maria Eduarda
Filmagem e edição: Rogerio Alves 423
Realização: Uno – Espaço Criativo de Dança
Projeto de iluminação: Cleison Ramos – Farol de Luz Ateliê

CONTATOS DAS ARTISTAS:

Maria Eduarda: instagram.com/maria_rsc
Canal no Youtube
Giselly Andrade: instagram.com/andradegiselly
andradegiselly.wixsite.com/gisellyandrade
Canal no Youtube

Rua dos Artistas, de Samira Marana (SP/RJ)

SINOPSE:

Rua dos Artistas, Vila Isabel, Rio de Janeiro. Brasil 2020. Vídeo sobre as inquietações do artista brasileiro durante o isolamento social causado pela pandemia de Covid-19, suas inquietações, medos e teimosias.

FICHA TÉCNICA:

Coreografia e interpretação: Samira Marana
Trilha sonora, imagem, edição, paisagem sonora e sousafone: Guto Souza

CONTATOS DA ARTISTA:

Instagram: instagram.com/sameeramarana
Youtube: youtube.com/sammarana1

Pole dance, de Jacqueline Colares (PE)

SINOPSE:

Uma cigana em luto por um amor perdido, entre tantas dores ela descobre a força interior, a luz, a inspiração, a energia e o amor próprio. E é quando ela pensa que perdeu tudo, ela desenvolve sua melhor versão.

FICHA TÉCNICA:

Artista: Jacqueline Colares
Filmagem: SomaFilmes

CONTATO DA ARTISTA:

Instagram: instagram.com/jacqueline.colares

Confira também o que vai ser exibido nos próximos dias! =)

Programação do Festival de Vídeos de Dança Na Ponta do PÉ





Postado por


COMPARTILHE:

Sobre o autor
Maíra Passos

    ÚLTIMOS POSTS:

    • Grupo Vida comemora 40 anos com apresentação de “Frozen, o musical”
      Grupo Vida comemora 40 anos com apresentação de “Frozen, o musical”
    • Cobertura do espetáculo Anamauê, do Pantomima Grupo de Dança
      Cobertura do espetáculo Anamauê, do Pantomima Grupo de Dança
    • Dia Internacional da Dança é comemorado com ensaio aberto, via live, e workshops
      Dia Internacional da Dança é comemorado com ensaio aberto, via live, e workshops

    Deixe um comentário

    Mensagem